Livro Bacula Community e Enterprise 4.ª edição Revisada e Ampliada

Compre o Livro pela Editora Brasport

Livro Bacula 4ª Edição (Community e Enterprise) 1

O livro Bacula, Community e Enterprise é o único livro nacional dedicado à parte teórica de backup e restauração de dados. Com ele você também poderá colocar em prática diversas tarefas relacionadas à gestão de B&R de um data center corporativo. O que significa que o livro aborda desde a elaboração da política de backup com escolha da estratégia mais adequada à realidade de cada organização, até a instalação e configuração do Bacula Enterprise. E tem muito mais!

Seja qual for o seu perfil profissional na área de TI esse é um livro que agrega conhecimento à todas as carreiras da área. Isso porque, além de todas as qualidades, o Bacula é utilizado no mundo inteiro, é único software da categoria que também é software livre (versão community) e trabalha com a abordagem de backup livre.

As organizações fazem suas escolhas tecnológicas: hardwares, sistema operacional, softwares e o Bacula está preparado para todas elas! O livro é baseado tanto em sistemas GNU/Linux quanto Microsoft e apresenta o Bacula Enterprise que tem o maior catálogo de plugins do mercado para o backup de aplicações específicas (máquinas virtuais, bancos de dados, etc.) e conta com a interface gráfica exclusiva BWeb para facilitar a vida do profissional de TI.

A 4ª edição foi revisada e ampliada para trazer ainda mais conteúdo:

• Backup em nuvem (S3)
• Deduplicação global Endpoint
• Nova interface gráfica Baculum
• Novos exemplos bpipe
• Bacula Enterprise Edition

O Bacula é especializado em backup e restauração de dados e está sempre evoluindo. Entrega uma solução robusta, confiável e escalável com redução de custos para a sua organização. Conheça o Livro Bacula Community e Enterprise 4.ª Edição.

Sumário

1. Conceitos de Backup

1.1. Níveis de recuperação de desastres

1.2. Parâmetros do backup

1.3. Princípio do backup

1.4. O futuro do backup

1.5. Mitos do backup

1.5.1. O retorno do investimento (ROI) do serviço de backup

1.5.2. Sistemas de tolerância a falhas vão substituir backups

1.5.3. Existem sistemas de backup perfeitos

1.5.4. Ferramentas de backup nativas dos SO seriam suficientes ou mais confiáveis que as específicas?

1.5.5. Scripts bem elaborados para backup podem suprir a necessidade de um software específico?

1.6. Glossário

1.7. Níveis de backup

1.8. Mídias de backup

1.8.1. Fitas magnéticas

1.8.2. HDD

1.8.3. SSD

 1.9. Local de armazenamento do backup

1.10. Arquiteturas de backup

1.10.1. Backup remoto para a nuvem (ou site alternativo)

1.10.2. Backup local de nuvem

1.10.3. Redundância geográfica de backup – RGB (Cloud Geographical Redundancy and Backup – GRB)

1.10.4. Storage em nuvem inter-privada – SNIP (Inter-Private Cloud Storage – IPCS)

1.10.5. Outras arquiteturas

 1.11. Artigos acadêmicos

2. Passos para Escolha e Implantação de um Sistema de Backup

2.1. Existe uma política de backup?

2.2. Quais são os serviços e negócios backupeados?

2.3. Quais aplicações específicas e sistemas operacionais precisam de backup?

2.4. Qual o tamanho do backup?

2.5. Qual é a capacidade de armazenamento atual?

2.6. O software de backup tem compatibilidade com o armazenamento?

2.7. Qual formato de armazenamento utilizar para o backup?

2.8. Existe algum legado que precise ser tratado?

2.9. O que mais considerar

3. Políticas de Backup e Melhores Práticas

3.1. Política de backup

3.1.1. Um modelo de política de backup

3.2. Melhores práticas do backup

4. Esquema GFS de Rotação de Backups

4.1. Backups escalonados

4.2. Detalhes do GFS

4.3. Exemplos de GFS

4.3.1. Retenções do GFS clássico

4.3.2. GFS avançado apenas para fitas

5. O que é o Bacula?

5.1. Módulos do Bacula

5.1.1. Director Daemon (Diretor)

5.1.2. Storage Daemon (SD)

5.1.3. File Daemon (FD)

5.1.4. Catalog (banco de dados)

5.1.5. Consoles do Bacula (bconsole CLI, BAT GUI)

5.1.6. Interfaces web

5.2. Funcionalidades únicas do Bacula

5.3. Principais funcionalidades do Bacula

5.4. O Bacula Enterprise (EBacula)

5.5. Sizing e distribuição dos componentes

5.5.1. Bacula Director

5.5.2. Catálogo

5.5.3. Bacula Storage Daemon (SD)

5.5.4. Bacula File Daemon

6. Instalação do Bacula

6.1. Instalação do servidor – banco de dados de catálogo

6.1.1. PostgreSQL

6.1.2. MySQL

 6.2. Instalação do servidor Bacula – pacotes Bacula.org

6.2.1. Centos 7/RedHat etc.

6.2.2. Debian 8/Ubuntu etc.

6.3. Instalação servidor Bacula pacotes das distribuições

6.3.1. MySQL e PostgreSQL Centos 7/RedHat etc.

6.3.2. Debian/Ubuntu: pós-instalação dos pacotes

6.3.3. Centos 7/RedHat etc. – geração de senhas dos serviços do Bacula

6.4. Construindo o servidor Bacula a partir do código-fonte (compilação)

6.4.1. Download do código do Bacula (é o mesmo para servidor e clientes)

6.4.2. Todas as distribuições – compilar e instalar

6.5. Bacula Enterprise – instalação servidor e interface gráfica BWeb

6.6. Instalação do Bacula e resolução de problemas no início de daemons

7. Configuração Comentada

7.1. Visão geral primeira instalação do Bacula

7.1.1. Diagrama de correspondências de valores das configurações do Bacula

7.2. bacula-dir.conf

7.3. bacula-sd.conf

7.4. bacula-fd.conf

7.5. bconsole.conf (bat.conf)

8. Instalação e Configuração do Novo Storage Daemon

8.1. Instalação storage daemon Linux

8.1.1. Pacotes Community Bacula.org e Enterprise

8.1.2. Pacotes Community das distribuições

8.1.3. Compilação do storage daemon

8.2. Instalação de storage daemon no Windows

8.3. Configuração dos Storages Bacula

8.3.1. bacula-sd.conf (lado do storage)

8.3.2. bacula-dir.conf (lado do servidor)

9. Dispositivos de Armazenamento em Disco

9.1. Configurando o dispositivo de disco no bacula-sd.conf

9.2. Montar discos storage NAS via iSCSI

9.3. Deduplicação em nível de blocos por sistema de arquivos ou hardware (driver de formato alinhado)

9.3.1. Sistema de arquivos ZFS

9.3.2. O sistema de arquivos de Ddumbfs (alternativa)

9.3.3. Configuração dos volumes alinhados Bacula

9.4. Enterprise – driver de deduplicação global

9.4.1. Recomendações

9.5. Instalação

9.6. Configuração do storage daemon (bacula-sd.conf)

9.7. Configuração do Director (bacula-dir.conf)

9.8. Configuração opcional de file daemons (bacula-fd.conf)

9.9. Novas pools do Bacula Director

9.10. Configuração do job de backup

9.11. Teste e status de deduplicação

9.12. Executando um job de backup

9.13. Limitando o tamanho do volume de disco

9.14. Blocos defeituosos no armazenamento

10. Dispositivos de Armazenamento em Fita

10.1. Dispositivos de robôs de fitas

10.2. Outras operações de fitas

10.2.1. O comando mt

10.3. Manipulação de robôs de fitas

10.4. Escrever jobs de backup em vários drives simultaneamente

10.5. O mtx-changer

10.6. Data spooling

10.7. Imprimir novas etiquetas de código de barras

10.8. Fitas de limpeza

10.9. Configuração e automação de drive de fita manual

11. Dispositivos de Armazenamento em Nuvem

11.1. Driver de storage S3, Swift, CEPH e nuvem Bacula Enterprise e Community

11.1.1. Transmissão cloud e cache

11.1.2. Instalação

11.1.3. Configuração

11.1.4. Teste e solução de problemas

11.2. Alternativa de armazenamento em nuvem com rclone e rclone-changer

11.2.1. Instalação e configuração do rclone

11.2.2. Instalação e configuração do rclone-changer

11.2.3. Resolução de problemas do rclone-changer

12. Instalação e Configuração de Novos Clientes

12.1. Instalação clientes Linux

12.1.1. Pacotes Community Bacula.org e Enterprise

12.1.1.1. Por repositórios

12.1.1.2. Download de pacotes

12.1.2. Pacotes Community das distribuições

12.1.3. Compilação apenas do cliente

12.2. Instalação de clientes Windows

12.3. Configuração dos clientes Bacula

12.3.1. bacula-fd.conf (lado do cliente)

12.3.2. bacula-dir.conf (lado do servidor)

 13. Configurações Práticas do Director

13.1. Envio de e-mail do Bacula (messages)

13.1.1. Postfix e envio de e-mail autenticado

13.2. Políticas do Bacula (pools e schedules)

13.2.1. Reciclagem bruta

13.2.2. Reciclagem por tempos de retenção

13.2.3. Exemplos de retenção de volumes (GFS)

13.2.3.1. Backups diários

13.2.3.2. Backups semanais

13.2.3.3. Backups mensais

13.2.4. Implantação da estratégia GFS

13.2.4.1. Pelo menos três pools distintas (bacula-dir.conf)

13.2.4.2. GFS Schedule (agenda)

13.3. Outras retenções do Bacula

13.3.1. Diretivas File Retention e Job Retention

13.3.1.1. File Retention

13.3.1.2. Job Retention

13.3.1.3. Conclusão

13.3.2. Etiquetagem automática de volumes

13.3.2.1. bacula-dir.conf

13.3.2.2. bacula-sd.conf

13.3.3. A pool Scratch

13.4. Compressão dos dados de backup (FileSet)

13.5. Windows (FileSets)

13.6. Clientes de backup em redes diferentes (clients)

13.7. Jobs de cópia e migração (pools e jobs)

13.7.1. Um exemplo de configuração de job de cópia

13.8. Deduplicação em nível de arquivos

13.8.1. Configurando a deduplicação do Bacula

13.9. Consoles ACL do Bacula (contas de usuário)

13.9.1. Exemplo do bconsole.conf (ou bat.conf)

13.9.2. bacula-dir.conf

13.9.3. Opções de ACL

13.10. Usando includes para dividir arquivos de configuração do Bacula

13.11. Criptografia dos dados de backup

13.11.1. Compilando o Bacula com suporte de criptografia

13.11.2. Detalhes técnicos da criptografia

14. Interfaces Gráficas Community

14.1. BAT – Ferramenta de administração Bacula Community e Enterprise (desktop)

14.1.1. Pacotes (Linux)

14.1.2. Construção a partir do código-fonte do Community (Linux)

14.1.3. Pacote (Windows)

14.2. Baculum: interface web de configuração e administração (Community)

14.2.1. Instalação do Baculum

14.2.2. Configuração do Baculum

14.2.3. Temas do Baculum

14.2.4. Screenshots do Baculum

14.3. Outras interfaces do Bacula Community

15. Interface Gráfica Enterprise – BWeb 

15.1. Primeiro acesso (configurar o BWeb)

15.2. Módulos BWeb

15.2.1. Módulo de administração

15.2.2. Módulo de configuração

15.3. Módulo de administração

15.3.1. Menus do módulo de administração BWeb

15.4. Módulo de configuração Bacula

15.4.1. Menu Workset

15.4.2. Menus clientes, jobs, filesets, schedules, pools, consoles, storages/trocadores e messages

15.4.3. Adição e backup de novos clientes

15.4.3.1. Nova configuração de clientes

15.4.3.2. Novo FileSet

15.4.3.3. Novo job

15.4.4. Adição de dispositivos e novos storages daemons

15.4.4.1. Novo Storage Daemon e/ou novo dispositivo de storage

15.5. Operação gráfica de robôs de fitas pelo BWeb

15.5.1. Configuração do Director

15.5.2. Configuração do BWeb

15.6. Configuração BWeb de autenticação pelo sistema Linux – Active Directory (AD) – CentOS/RHEL 7

16. Comandos do Bacula

16.1. Comandos mais importantes do Bacula

16.1.1. Cancel

16.1.2. Delete

16.1.3. Disable

16.1.4. Enable

16.1.5. Estimate

16.1.6. Help

16.1.7. Label

16.1.8. List

16.1.9. Messages

16.1.10. Mount

16.1.11. Prune

16.1.12. Purge

16.1.13. Release

16.1.14. Reload

16.1.15. Restore

16.1.16. Resume

16.1.17. Run

16.1.18. Show

16.1.19. Status

16.1.20. Unmount

16.1.21. Stop

16.1.22. Update

16.1.23. Var

16.1.24. Version

16.1.25. Quit

16.2. Comandos situacionais do Bacula

16.2.1. Add

16.2.2. Autodisplay

16.2.3. Automount

16.2.4. Llist

16.2.5. Relabel

16.2.6. Setbandwidth

16.2.7. Setdebug

16.2.8. Sqlquery

16.2.9. Use

16.2.10. Query

16.2.11. Wait

16.3. Comandos especiais de redirecionamento (@)

16.4. Redirecionamento do shell para o bconsole

16.5. Comandos automáticos do bconsole durante o backup (e substituição de caracteres)

17. Restauração Interativa pela Linha de Comando

17.1. O menu do comando restore

17.2. Árvore de seleção de arquivo para restauração da CLI

18. Recuperação de Desastres do Servidor Bacula

 18.1. Restauração do catálogo

18.1.1. A partir de um dump anteriormente criado

18.2. bscan

18.3. bls e bextract

19. Atualizando o Bacula

19.1. Etapas gerais de atualização

20. Backup de Aplicações Específicas (bpipe e Scripts)

20.1. O problema

20.2. Instalação e visão geral do plugin Bacula bpipe

20.2.1. Habilitar o bpipe

20.3. Exemplos de backup de aplicações com bpipe

20.3.1. Bancos de dados

20.3.1.1. MySQL

20.3.1.2. PostgreSQL

20.3.1.3. Oracle

20.3.1.4. Firebird

20.3.1.5. MongoDB

20.3.1.6. LDAP

20.3.2. Imagem de máquinas virtuais

20.3.2.1.Citrix Xen

20.3.2.2. VMware

20.3.3. E-mail

20.3.3.1. Zimbra

20.3.4. Backup alternativo por FIFOusando Shell Script

20.4. Outras considerações sobre o backup de aplicações específicas e exemplos de scripts

20.4.1. Máquinas virtuais

20.4.1.1. Backup VirtualBox

20.4.1.2. Backup de máquinas virtuais Xen

20.4.1.3. Backup de hosts do Microsoft Hyper-v

20.4.2. Bancos de dados

20.4.2.1. PostgreSQL

20.4.2.2. MySQL

20.4.2.3. Oracle

20.4.3. Servidores web

20.4.3.1. Microsoft IIS

20.4.3.2. Apache

20.4.4. Serviços de e-mail

20.4.4.1. Backup do Microsoft Exchange

20.4.4.2. Zimbra

20.4.5. Serviços de diretório

20.4.5.1. LDAP

20.4.6. System State do Windows

21. Backup de Aplicações Específicas (Plugins Enterprise)

21.1. Plugin Backup vSphere EBacula

21.1.1. Backup de imagem de VM

21.1.2. Instalação

21.1.3. Configuração do backup

21.1.4. Configurações situacionais e solução de problemas

21.1.4.1. Problemas de backup incremental/diferencial

21.1.4.2. Usando o acesso SAN para backup (LANFree)

21.1.4.3. Arquivos de depuração

21.1.4.4. Excluindo discos específicos da VM do backup

21.1.5. Restauração

21.1.5.1. Restaurando para uma nova máquina virtual

21.1.5.2. Restaurando máquinas em um disco local

21.1.6. Resolução de problemas

21.2. Plugin backup granular vSphere

21.2.1. Instalação

21.2.1.1. Preparando o usuário bacula do Linux

21.2.1.2. Compartilhamentos Samba (SMB)

21.2.1.3. Plugin de backup do VMware

21.2.2. Configuração

21.2.3. Restauração

21.2.3.1. Usando o BWeb

21.2.4. Com interface de console texto

21.2.5. Suporte

21.3. Integração BWeb – vSphere

21.3.1. Configuração

21.3.2. Teste e uso

21.4. Plugin backup Hyper-v EBacula

21.4.1. Instalação

21.4.2. Configuração

21.4.3. Restauração

21.4.4. Restauração granular no nível de arquivo

21.5. Plugin backup Microsoft SQL Server EBacula

21.5.1. Backup de cluster MSSQL

21.5.2. Instalação

21.5.3. Configuração do FileSet

21.5.4. Configuração do job

21.5.5. Restore

21.6. Plugin backup Oracle DB EBacula

21.6.1. Instalação

21.6.2. Configuração

21.6.3. Método stream de dumps

21.6.3.1. Restauração dump

21.6.4. Método RMAN-PITR

21.6.5. Restauração RMAN-PITR

21.6.5.1. Usando o broker RMAN do BWeb

21.6.5.2. Restaurando diretamente com o RMAN

21.6.6. Método stream RMAN-SBT

21.6.6.1. Lado do cliente

21.6.6.2. Lado do Director

21.6.6.3. Teste

21.6.6.4. Agendamento

21.6.6.5. Cópia RMAN de backups locais em disco para o Bacula-SBT

21.6.7. Restauração RMAN-SBT

21.7. Plugin backup MySQL EBacula

21.7.1. Instalação

21.7.2. Configuração MySQL

21.7.3. Configuração do FileSet e plugin no método dump

21.7.4. Configuração do FileSet e plugin no método binário

21.7.5. Opções de conexão situacionais do MySQL

21.7.6. Criação de job de backup

21.7.7. Teste de job de backup

21.7.8. Restauração do método dump

21.7.9. Restauração de uma base no método dump

21.7.10. Restauração de usuários e funções do MySQL

21.7.11. Restauração PITR método de dump

21.7.11.1. Restauração de tabela única

21.7.11.2. Restauração completa do servidor MySQL

21.7.12. Restauração do método binário

21.7.12.1. Restauração completa do servidor

21.8. Plugin backup PostgreSQL EBacula

21.8.1. Instalação

21.8.2. Configuração

21.8.3. Método stream de dumps

21.8.4. Stream de dumps PostgreSQL no Windows

21.8.5. Melhorando a deduplicação dos dumps

21.8.6. Restauração dos dumps

21.8.7. Método Point-in-Time-Recovery

21.9. Plugin backup LDAP/AD EBacula

21.9.1. Instalação

21.9.2. Configuração

21.9.3. Teste de conexão

21.9.4. Configuração do FileSet

21.9.5. Opções do plugin

21.9.6. Configuração e teste dos jobs

21.9.7. Restore

21.10. Plugin Bare Metal Recovery Linux Bacula Enterprise

21.10.1. Planejamento do BMR

21.10.2. Instalação

21.10.3. Configuração

21.10.3.1. FileSet

21.10.3.2. Job de backup

21.10.4. Configuração do restore

21.10.5. Restauração

21.11.Plugin Bare Metal Recovery Windows Bacula Enterprise

21.11.1. Planejamento do BMR

21.11.2. Instalação

21.11.3. Configuração

21.11.3.1. FileSet

21.11.3.2. Job de backup

21.11.3.3. Configuração do restore

21.11.4. Restore

21.12. Outros plugins Bacula Enterprise

22. Monitoração

22.1. Monitoração Zabbix de jobs e processos do Bacula

22.1.1. Características

22.1.2. Dados coletados pelo script

22.1.3. Dados dos processos do Bacula

22.1.4. Gatilhos

22.1.5. Configuração

22.1.5.1. Template Zabbix

22.1.5.2. Script Zabbix servidor Bacula

22.1.6. Monitoração dos clientes Bacula

22.1.7. Screenshots

22.2. Um modelo do Bacula para Grafana

22.2.1. Grafana

22.2.2. Instalação

22.2.3. Trabalhos futuros

22.2.4. Outros templates

23. Migração de Backups Legados

23.1. Ambiente mínimo legado de restauração (menor esforço)

23.2. Restauração para landing zone e novo backup (maior esforço)

23.2.1. Restauração legado

23.2.2. Backup com o Bacula

23.2.3. Atualização do catálogo

Referências

 Anexo 1. Página de “Cola” do Bacula (bconsole)

Anexo 2. Códigos de Jobs do Bacula

Anexo 3. Expansão de Variáveis

Licenças do Bacula Enterprise, Treinamento e Suporte Profissionais do Bacula Community

Disponível em: pt-brPortuguês