Capítulo 7 | Capítulo 6 Instalar o Bacula
<![CDATA[]]>

[RENOMEAR TÍTULO CAPÍTULO]

6.1 Instalar o Banco de Dados

[RENOMEAR TÍTULO ITEM]

[P. 29 – ALTERAR QUADRO MYSQL, SUBSTITUIR PELO QUE SEGUE]:

# apt-get install mysql-server

Durante a instalação você será convidado a inserir uma senha (e confirmação) para o usuário root (administrador):

Capítulo 7 | Capítulo 6 Instalar o Bacula 1

Depois de definir a senha a instalação do MySQL será finalizada e então pode-se prosseguir com a instalação do Bacula.

6.2 Instalar o Bacula

[RENOMEAR TÍTULO ITEM]

[P. 32 – ANTES DO ITEM PÓS-INSTALAÇÃO]

Capítulo 7 | Capítulo 6 Instalar o Bacula 2

É recomendável permitir que o processo de instalação tente criar o Banco de Dados de trabalho do Bacula (catálogo).

Capítulo 7 | Capítulo 6 Instalar o Bacula 3

No caso da instalação do Bacula com o MySQL, a próxima pergunta será a senha do usuário root do banco, aquela que é configurada durante a sua instalação.

Capítulo 7 | Capítulo 6 Instalar o Bacula 4

Tanto para o MySQL quanto na instalação para PostgreSQL, você será convidado a definir e confirmar uma senha para o usuário de nome bacula no banco de dados a ser criado (recomendável).

Capítulo 7 | Capítulo 6 Instalar o Bacula 5

Após esta etapa, você poderá visualizar a saída dos processos de criação do banco, tabelas e usuário do bacula. Se tudo der certo perceberá também que os daemons (serviços) do Bacula também serão executados pelo instalador automático.

Voilà! Você concluiu a instalação do Bacula.

[P. 32 – PRIMEIRO QUADRO – REMOVER Itens: 2, 6 e 7. NEGRITAR TUDO]

[REMOVER ITEM “Pòs Instalação” P. 32 até antes de “Cliente de Backup” – P. 33]

 

 

7.2.2.1 | 6.2.2.1. Compilar com Suporte ao Readline

O bconsole do Bacula pode ser configurado para utilizar a biblioteca Readline.

Esta habilita alguns recursos essenciais da console, como:

  • histórico dos comandos (seta para cima recupera os comandos anteriores);
  • comandos  completáveis através da tecla Tab;
  • Ctrl + L limpa a tela do bconsole.

Para habilitar o recurso readline, instale a dependência (no Debian):

apt-get install libreadline5-dev

E na configuração do Bacula (para compilar – exemplo para uso do Director com o Banco Mysql):

./configure –with-readline=/usr/include/readline –disable-conio –with-mysql

 

[sem item p. 36] | 6.2.2.2. Compilar apenas o Cliente Bacula

[sem item p. 36] | 6.2.2.3. Compilar apenas um dos daemons do Bacula

 

Disponível em: pt-brPortuguês

Deixe uma resposta

Fechar Menu