Resolução de Erros do Bacula (Troubleshooting)

Se estiver trabalhando numa nova instalação do Bacula, um dos erros mais comuns é a falha do serviço Director (servidor do backup) em se contecar com o seu banco de dados MySQL ou Postgresql catalog database.

  1. Certifique-se que os serviços dos bancos de dados estão ativos.
  2. Tenha certeza que os scripts para criação e preparação do banco de dados do Bacula foram executados corretamente durante a instalação.
  3. Tenha certeza que as credenciais de acesso ao banco de dados usadas pelo Bacula estão corretas (Diretiva Password, dentro do Recurso Catalog no arquivo de configuração bacula-dir.conf, ou ainda o método de autenticação diferente dentro do pg_hba.conf do Postgresql – ex.: trust). Logs dos serviços de bancos de dados podem prover mais informações sobre estes problemas.

De qualquer maneira existem testes que podem identificar estes e outros problemas do Bacula. Serão muito úteis para a administração deste software:

a) Comando de Teste do Bacula:

bacula-dir -t

Esse comando do shell identificará erros de sintaxe do arquivo de configuração do daemon além de problemas de conexão com o banco de dados do Bacula. Também pode ser usado para os outros daemons,: bacula-sd e bacula-fd. Normalmente é necessário reiniciar o daemon quando não é mostrado nenhum erro após a execução do comando (sucesso).

b) Log Geral do Bacula:

O arquivo de log do Bacula é definido dentro do Recurso Messages de nome Standard, em bacula-dir.conf. Se você seguiu os tutoriais de compilação deste livro esse caminho será: /var/log/bacula.log. Ele pode indicar erros de execução dos daemons e outras informações.

cat /var/log/bacula.log

c) Modo de Depuração do Bacula:

Se estiver em execução, pare o daemon e então inicie ele em modo de depuração. Exemplo:

bacula-dir -d 200

O número é o nível de depuração. Quando maior, a informação mostrada será mais ampla e detalhada. Pode ser útil para descobrir erros mais complexos dos daemons e da execução de Jobs.

d) Problemas na Execução de Jobs:

Para acessar a log completa de um job específico do Bacula:

list joblog jobid=x

É possível acessar uma lista de todos os Jobs e seus Id através de outro comando, também do bconsole:

list jobs

Se a cause de erro no Job não for clara, o habilitar  modo de depuração para o Director e File Daemon (explicado acima) também pode ser utilizado para a identificação da causa raiz de problemas.

Disponível em: pt-brPortuguês enEnglish (Inglês)

Deixe uma resposta

Fechar Menu