Esta página cobre a instalação do Bacula Kickstart para fins de testes, demonstração, POC etc., juntamente com um primeiro tutorial básico. O tuturial objetiva um cenário básico para demonstrar as funcionalidades básica do Bacula Edição Trial. Mais tutoriais estão disponíveis na documentação para download.

Passo 1: Pré-instalação

Preencha o formulário online para obter acesso ao instalador (http://www.baculasystems.com/download-kickstart-standalone-trial-version); faça o download do arquivo ISO (instalador) de acordo com as instruções enviadas por email.

As seguintes configurações precisam estar disponíveis para garantir uma instalação bem-sucedida .
Usar configurações incorretas irá resultar em uma instalação inutilizável.

* Keyboard Layout
Configuração do teclado. Em caso de dúvidas consulte esta lista.

* Timezone
Para saber os valores possíveis consulte esta lista.

* Hostname
Para este servidor do Bacula.

* Domain (opcional se usando dhcp)
Específique um domínio, se necessário.

* IP Address (opcional se usando dhcp)
Endereço fixo de IP para o seu servidor.

* Netmask (opcional se usando dhcp)
Máscara IPV4 para o seu servidor..

* Primary and secondary DNS servers (opcional se usando dhcp)
Endereço IP dos servidores DNS de sua rede.

* NTP Server (opcional)
Endereço do servidor de tempo (NTP).

* SMTP Server (opcional)
Endereço IP de seu servidor de email.

* Senhas do usuário root (passwords)
As senhas utilizadas para o usuário root do Linux e banco de dados PostgreSQL.

Passo 2: Instalação

Se você estiver instalando a versão de avaliação Kickstart em uma máquina virtual, por favor use o ISO baixado para inicializar o VM. Se você não quiser usar uma partição de 100 GB, conforme indicado nos requisitos, por favor use a opção de inicialização no passo 4 para instalar em um servidor físico para ter a opção de escolher o tamanho da partição. Se você estiver usando um servidor físico, selecione o tipo de mídia a sua gostaria de inicializar seu servidor na imagem ISO.

  • Incialize o servidor a partir da imagem ISO. O instalador oferece-lhe a opção de instalar em uma máquina física ou para uma máquina virtual.
  • Siga o wizard informando as opções de teclado e timezone.
  • Configure as partições.
    • Se instalar em uma máquina virtual, um único disco rígido será assumido e um layout de partição padrão usado. Supõe-se que as máquinas virtuais será principalmente utilizada para o teste Bacula Empresa, não para a produção. É altamente recomendável instalar o Bacula Enterprise em um servidor físico para um melhor desempenho.
    • Se estiver instalando em um servidor físico (ou usar a opção boot bare metal em uma máquina virtual com vários discos), você será solicitado a especificar o tamanho das partições do sistema operacional, opcionalmente espelhar seu disco raiz, e criar espaço de armazenamento com o RAID. O número de escolhas fornecidas depende do número de discos detectados.
  • O sistema CentOS está instalado. Deve demorar cerca de 15 minutos e, certamente, não mais do que 30 minutos.
  • Senhas.
    • Você será solicitado a digitar as senhas para a raiz e catálogo Bacula Entreprise Edition. As senhas digitadas será definido tanto para as contas Linux locais, bem como as contas do PostgreSQL com o mesmo nome.
  • Configuração de Rede
    • Você será solicitado para as configurações hostname, domínio e DNS.
  • Interfaces
    • Você será solicitado para o endereço IP ea máscara de rede se você não usar DHCP.
    • Se estiver instalando na máquina física, será fornecido opções para configurar opcionalmente quadros jumbo ou trunking ethernet. Estes só devem ser usados se o ambiente suporta e você realmente precisar deles.
  • Network Time Protocol (opcional)
    • Você será solicitado para o endereço IP do seu servidor NTP.
  • Email Settings (opcional)
    • Você será solicitado para o endereço do servidor SMTP. As escolhas também será fornecido para ativar o SSL e SMTP autorização, se o servidor de correio suportá-los.
  • Banco de dados – Catálogo
    • Você será solicitado para os bancos de dados suportados pelo Bacula Trial Edition. Aconselhamos vivamente a utilização de banco de dados PostgreSQL , que é mais eficiente, com uma infra-estrutura Bacula corporativa.
  • Default Volume Pool
    • A Pool de Volumes Padrão é o local onde serão armazenados os dados do backup se você não usar um Virtual Tape Library ou ZFS
  • Virtual Tape Library Settings (opcional)
    • Uma porção do seu armazenamento pode ser configurado como uma biblioteca de fita virtual. Este emula uma biblioteca de fita real.
  • Dedupe Device creation (requerido se desejar usar o Plugin Global End Point Deduplication)
    • The Global End Point desduplicação exigem a criação de dedicados Devices Dedupe e armazenamento. Por favor, verifique o cenário 6 ou o Livro Branco desduplicação Ponto Final Global para obter mais informações.
  • Demo Config
    • Se você deseja seguir os cenários neste guia , instale a configuração de demonstração.
  • Installation complete. A reboot of the system is required after its update. It can take time due to some recompilation.

Passo 3: Usando o Bacula Trial Edition

No cenário a seguir , você vai ter a oportunidade de usar Bacula Trial Edition para fazer backup e recuperar dados usando Bweb Management Suite e BConsole.
Após o reinício, a aplicação exibe uma página de boas-vindas que lhe dá a informação que você precisa para acessar Bweb Management Suite, a ferramenta web de monitoramento e administração.
Você pode se conectar a Bweb Management Suite a partir do Firefox (versão 10 ou superior) a partir do seu desktop.

Cenário de Teste: Fazendo backup de arquivos de pasta usr / usando Bweb Management Suite

1.  A Bweb Management Suite é uma interface web que interage com o Director e oferece ferramentas para executar jobs de backup e restauração, para monitorizar e configurar a infra-estrutura do Bacula Trial Edition.

  • Abra o Bweb Management Suite através do link disponível na página de boas-vindas do Trial Kickstart .

 

2. Uma vez na página de boas-vindas Bweb Management Suite, você verá uma visão geral do status atual Bacula Trial Edition. Se você ainda não tiver executado qualquer trabalho, a tabela estará vazia.

Demo & POC Off-line 13. Vamos fazer o backup do diretório /usr . Clique no menu principal em Jobs – > aba Defined Jobs. Selecione usr a partir do menu drop-down de postos de trabalho definidos.

4. Vamos clique em Run now para iniciar imediatamente.

5. A janela é atualizada para exibir as opções de emprego disponíveis. Aceite os valores padrão clicando em Run now, mais uma vez.

6. Você será levado para a janela de informações do trabalho em execução. Você pode clicar em Refresh para ver o progresso. NOTA: Este trabalho faz o backup > 75.000 FILES que pode levar ALGUNS MINUTOS, dependendo do desempenho do seu sistema.

Demo & POC Off-line 2

7. Assim que o trabalho for concluído, uma atualização automática irá levá-lo para a janela de informações do trabalho onde você pode ver o resultado do trabalho de backup. Você também pode encontrar essas informações ao navegar para Jobs – > Jobs History e clicando no ícone de status.

Demo & POC Off-line 3


Passos adicionais: Instalação Clientes de backup em outras máquinas Linux e Windows

O mesmo ISO utilizado para instalar a versão Trial do Bacula servidor de backup também contém clientes compatíveis para Red Hat (Centos), SLES e Windows. Eles estão dentro do diretório: /bs/bacula/clients

Captura de tela de 2016-06-22 07-33-45

Se estiver usando a versão 8.2.8 do Trial Kickstart, pode também fazer o download dos clientes diretamente através desta URL.

a) Instale os clientes. Edite o arquivo bacula-fd.conf (/opt/bacula/etc no linux; Menu Iniciar > Bacula Configuration no Windows); Verifique ou ajuste a diretiva Director –  Name para bacula-dir (nome real do Director kickstart).Copie a senha presente no mesmo recurso Director para um bloco de notas: vamos precisar dela para amarrar este cliente ao Director.

Reinicie o serviço do Cliente caso faça alguma alteração (service bacula-fd restart; services.msc do Windows, e reinicie o serviço Bacula File Daemon).

b) Agora vá para a interface exclusiva do Bacula Enterprise: a Bweb. No menu de configuração, acrescente um novo recurso Client ao seu Director. Preencha um nome para este cliente; o ip da máquina cliente e a senha que copiou para o bloco de notas.

Comite as alterações (reload), para o Director reconhecer o novo cliente.

Volte às configurações do Director e crie também um FileSet (lista de diretórios a serem copiados). Se tudo foi feito corretamente você poderá navegar nos arquivos do novo cliente configurado.

Por fim crie um Job, marcando como opções o uso do Client e do FileSet criados nos passos anteriores. Comite as alterações dentro do próprio Bweb e teste o novo Job criado, executando-o através do menu Job.


Este é o fim do primeiro tutorial básico e cenário. Outros tutoriais relevantes estão disponíveis na documentação completa de testes. Registre-se e faça download agora, caso não tenha feito!

Disponível em: pt-brPortuguês esEspañol (Espanhol)

Fechar Menu