Driver de Storage S3, Swift, CEPH e Nuvem Bacula Enterprise – Guia Rápido

Este Guia Rápido destina-se a fornecer informações sobre os processos necessários para implementar backups armazenados de soluções do S3, Swift, CEPH e outros provedores de serviços de nuvem, usando o Driver de Cloud do Bacula Enterprise.

O Amazon Web Services (AWS), o Oracle Cloud, o Azure, o Google Cloud e o BackBlaze são alguns dos provedores de armazenamento de objetos testados, mas a maioria das tecnologias S3, Swift ou CEPH (com S3 Gateway) são compatíveis com o Bacula Cloud Driver.

O Driver fornece mais um tipo de dispositivo de armazenamento Bacula, permitindo que o administrador do Bacula gerencie discos locais, fitas magnéticas e, agora, vários backups armazenados em dispositivos em nuvem, usando qualquer arquitetura ou distribuição desejada.

O Bacula Enterprise apenas fornece o software. O serviço de armazenamento de objetos deve ser contratado de seu provedor de serviços favorito.

Transmissão Cloud e Cache

A transmissão do Driver Cloud Bacula, é limitada apenas pelos recursos de leitura de disco de clientes de backup, redes locais e para a nuvem.

Para evitar gargalos de conexão à Internet, o Driver suporta técnicas avançadas de cache local e de divisão de dados. O cache pode ser mantido para restaurações locais mais rápidas ou automaticamente descartado (truncado), de acordo com a vontade do Administrador Bacula e com o armazenamento em disco local disponível.

Também é possível limitar a largura de banda de transmissão.

Instalação

O Driver é instalado na mesma máquina que hospeda o Bacula Storage Daemon. Para instalar ambos, adicione um novo repositório à sua distribuição RedHat / CentOS, substituindo @customer-string@ pelo seu código de cliente exclusivo e @version@ pela versão desejada do Bacula Enterprise:

cat /etc/yum.repos.d/bacula.repo

[Bacula]
name=Bacula Enterprise Edition
baseurl=https://www.baculasystems.com/dl/@customer-string@/rpms/bin/@version@/rhel7-64/
enabled=1
protect=0
gpgcheck=0

[BEECloudPlugin]
name=BEE Cloud Plugin
baseurl=https://www.baculasystems.com/dl/@customer-string@/rpms/cloud/@version@/rhel7-64/
enabled=1
protect=0
gpgcheck=0

O Cloud Driver também está disponível para o Debian. Por exemplo:

cat /etc/apt/sources.list.d/bacula.list

#Bacula Enterprise
deb https://www.baculasystems.com/dl/@customer-string@/debs/bin/@version@/jessie-64/ jessie main
deb https://www.baculasystems.com/dl/@customer-string@/debs/cloud/@version@/jessie-64/ jessie cloud

Use o gerenciador de pacotes para atualizar e instalar o driver. Por exemplo:

yum install bacula-enterprise-cloud-storage

# or

apt-get update && apt-get install bacula-enterprise-cloud-storage

Configuração

Conforme mostrado na Figura 1, crie uma nova configuração de conexão na nuvem. É possível usar o bweb para executar isso.

Driver de Storage S3, Swift, CEPH e Nuvem Bacula Enterprise – Guia Rápido 1

Figura 1. Nova Configuração de Conexão Cloud do Storage Daemon

Exemplos de configurações dos Provedores de serviços de nuvem CEPH e Azure alternativos são listados da seguinte maneira:

Cloud {
  Name = CEPH_S3
  Driver = "S3"
  HostName = ceph.mydomain.lan
  BucketName = "CEPHBucket"
  AccessKey = "xxxXXXxxxx"
  SecretKey = "xxheeg7iTe0Gaexee7aedie4aWohfuewohxx0"
  Protocol = HTTPS
  Upload = EachPart
  UriStyle = Path  # Must be set for CEPH
}

Cloud {
  Name = Azure
  Driver = "Azure"
  HostName = "Azure" #not used but needs to be specified
  BucketName = "AzureContainerName"
  AccessKey = "AzureStorareAccountName"
  SecretKey = ""gTL8YA6yyyVLZqrUt1HxHasdfTM5Vcloc5CVY+g+PcS3cF5FpDyNNwrjXwz78gvZj2K4mh0mTvV5TchQ=="
  Protocol = HTTPS
  UriStyle = Path
}

Após a configuração da nuvem, conforme exibido na Figura 2, adicione um dispositivo Bacula Storage Daemon que gravará no bucket configurado. Ele deve ter o Cloud DeviceType e usar a mesma configuração de nuvem criada anteriormente. ArchiveDevice é o caminho do cache de disco local, geralmente com um grande espaço disponível. O MediaType deve ser um nome exclusivo em relação a todos os outros Dispositivos Bacula existentes e o MaximumPartSize é o tamanho dos dados divididos que o Bacula transferirá para o bucket.

Driver de Storage S3, Swift, CEPH e Nuvem Bacula Enterprise – Guia Rápido 2

Figura 2. Novo Device do Storage Daemon

Finalmente, conforme exibido na Figura 3, é hora de amarrar o novo Device do Storage Daemon ao seu Director do Bacula. Crie uma nova configuração de Storage para o Director. O endereço e a senha geralmente são os mesmos já usados pelos Devices já criados para o mesmo Storage Daemon. O DeviceName e o MediaType devem corresponder aos valores definidos na configuração do dispositivo recentemente criado.

Driver de Storage S3, Swift, CEPH e Nuvem Bacula Enterprise – Guia Rápido 3

Figura 3. Nova Configuração de Storage no Director

É aconselhável também criar um ou mais novas Pools para hospedar os backups na nuvem, usando o armazenamento recém-criado. Um novo valor de tempo da diretiva CacheRetention Pool (x dias, meses etc.) pode ser especificado, para determinar a expiração os volumes armazenados em cache.

Modifique Jobs e Horários do Bacula para usar os novos Cloud Pools, a seu critério.

Aplicar alterações e executar um trabalho de backup de teste.

Teste e Solução de Problemas

O S3 CLI pode ser usado para testar o AWS e outras conexões do Cloud Storage. É possível instalá-lo usando pip:

yum -y install python-pip
pip install awscli

O seguinte comando pode ser usado para configurar a conexão de bucket:

aws configure

A criação de bucket e uma lista podem ser executadas da seguinte forma (por exemplo):

aws s3api --endpoint-url='https://s3.amazonaws.com' 
create-bucket --bucket bsyssdsync
aws s3 ls

Mais comandos, detalhes e informações gerais sobre o Bacula Enterprise Cloud Driver podem ser encontrados no whitepaper de referência.

Referência

Bacula Cloud Backup – Bacula Enterprise Edition. http://baculasystems.com

 

Disponível em: pt-brPortuguês enEnglish (Inglês) esEspañol (Espanhol)

Deixe uma resposta

Fechar Menu