1. Vantagens de um sistema de Backup Centralizado (viabilizado pelo Bacula):

– Economia de fitas na medida que é minimizada a quantidade de espaço subutilizado.
– Facilidade na administração, correção de erros, troca e controle de fitas.
– Economia de hardware (storages).
– Maior agilidade (time sharing).
– Facilidade no restore (catálogo único)

2. Esquema GFS

2.1. Definição:

Grandfather-father-son backup
From Wikipedia, the free encyclopedia
Grandfather-Father-Son Backup se refere ao mais comum esquema de rotação de mídias para backup. Originalmente concebido para o backup em fitas, funciona bem para qualquer estrutura de backup hierarquico. O método básico consiste em criar 3 conjuntos de backup, sendo um diário, um semanal e outro mensal. Os backup diários ou “filhos”, são rotacionados a cada dia com um semanal (ou pai) a cada semana. O backup semanal é rotacionado, em bases semanais, com um mensal (“ou avô”). O casionalmente, um volume pode ser removido do esquema para estabelecer um marco (milestone), ou para fins de Disaster Recovery).

Os administradores de rede consideram o GFS como método mais simples e efetivo de rotação de fitas.

2.2. Benefícios:

– Proteção de seus arquivos com um mínimo número de fitas (normalmente apenas uma ou duas são necessárias para o “restore” de um servidor), reciclando (sobrescrevendo) algumas fitas e arquivando outras.
– Reduz o desgaste das fitas e/ou outros dispositivos ligados ao “storage”.
– Facilidade na localização de arquivos armazenados, devido à sistematização dos “backups”.

2.3. Ainda não entendi. O que é GFS?

A estratégia de rotação GFS é baseada numa agenda de 7 dias (Domingo – Sábado), na qual é feito ao menos um backup full a cada semana. Nos demais dias, são feitos backups diferenciais (diários).
O backup full realizado durante a semana (geralmente na sext-feira a noite, ou sábado), será sempre considerado como “backup semanal”. Então, as fitas diárias podem ser recicladas depois de 7 dias e as semanais após um mês – mas esse assunto será abordado em maior profundidades.

Alguns exmplos de agendamento semanal:

Exemplo 1

SUNMONTUESWEDTHURFRISAT
NoneDiff*DiffDiffDiffFULLNone
*WEEKLY*

Exemplo 2

Differential backup

SUNMONTUESWEDTHURFRISAT
DiffDiff*DiffDiffDiffDiffFULL
*WEEKLY*

*Diff = Backup diferencial (differential)

Na terminologia GFS, o backup diário é o filho e o semanal, o pai. O último backup full de cada mês (o primeiro ou ainda outro), será considerado o backup mensal (monthly) – ao invés de semanal. Este é o avô. Os backups mensais, devem ser armazenados por um período maior (meses, ou até anos), de acordo com a política de backup existente.

Exemplo:

Mês 1

SUNMONTUESWEDTHURFRISAT
1234567
NoneDiff*DiffDiffDiffF-WKLY**None
Tape 1Tape 2Tape 3Tape 4Tape 5
891011121314
NoneDiff*DiffDiffDiffF-WKLY**None
Tape 1Tape 2Tape 3Tape 4Tape 6
15161718192021
NoneDiff*DiffDiffDiffF-WKLY**None
Tape 1Tape 2Tape 3Tape 4Tape 7
22232425262728
NoneDiff*DiffDiffDiffF-WKLY**None
Tape 1Tape 2Tape 3Tape 4Tape 8

* Diff=Differential backup

**F-WKLY=Full Semanal (WEEKLY)

2.4. Reciclagem de Fitas

Por padrão, o backup reutiliza as fitas diárias semanal mente (ou seja, uma mesma fita sempre vai fazer o backup da segunda-feira, etc). As semanais, devem ser reutilzadas para cada sexta-feira (por exemplo) do mês, ou seja: uma fita será sempre utilizada na segunda sexta do mês, etc.

Seguindo o exemplo, você teria a proteção de 1 ano de backups, utilizando 4 fitas diárias, 4 semanais, e 12 mensais. Obviamente, este número pode aumentar em caso de backups multi-volumes, ou se o tempo de retenção (reciclagem) for menor que o padrão.

2.5. Dica – GFS diário avançado:

Sabendo que os backup diferenciais diários ocupam menos de 10% do volume, ao invés das 4 fitas necessárias no padrão GFS comum (que gera uma necessidade diária pela troca das mídias), pode ser implementado o seguinte esquema.
Semana 1: (fita a) para todos os backups diferenciais diários é utilizado uma mesma fita, com retenção de uma semana.
Semana 2: (fita b) uma segunda fita é colocada, e será utilizada durante toda esta segunda semana, a não ser para realização do backup full semanal, que será feito em uma fita específica.
Semana3: (fita a) agora reciclamos a “fita a”, que receberá os backups diários desta semana.
Semana 4: (fita b) …
A grande vantagem deste esquema, é que o risco de danos à fita provavelmente de ejetamento (ou montagem) no drive é diminuído, pois menos trocas de fitas são necessárias. Entretanto, as fitas são gravadas e regravadas em um rítmo mais acelerado.

Disponível em: pt-brPortuguês

Deixe uma resposta

Fechar Menu