Label Automático de Volumes no Bacula

Label Automático de Volumes no Bacula 1

O label automático de fitas pode ser feito tanto para HD quanto para fitas.
Para robôs, o label automático não funciona, pois o Bacula não acessa slots desconhecidos. Neste caso, deve ser usado o comando “label barcodes”, para etiquetar várias novas fitas.

O label automático é ativado inserindo opções no recurso pool (bacula-dir.conf) e no recurso device (bacula-sd.conf), como demonstrado abaixo. No recurso pool, deve ser provido um formato de label utilizado para criar novos volumes, no qual o Bacula irá adicionar um dígito numérico. Ele começa em 0001, sendo incrementado para cada volume. Exemplo:

Pool {
Name = File
Pool Type = Backup
Volume Use Duration = 23h
LabelFormat = “Vol”
}

Bacula irá criar Vol0001, Vol0002, sempre que novos volumes forem necesários. Labels mais complexos podem ser criados através de variáveis.

A segunda opção necessária, simplesmente permite que o Storage etiquete os volumes. Adicione a opção LabelMedia = yes para o Device no bacula-sd.conf:

Device {
Name = File
Media Type = File
Archive Device = /home/bacula/backups
Random Access = Yes;
AutomaticMount = yes;
RemovableMedia = no;
AlwaysOpen = no;
LabelMedia = yes
}

Variáveis suportadas no nome do volume: http://www.bacula.org/en/dev-manual/Variable_Expansion.html

Disponível em: pt-brPortuguês

Deixe uma resposta

Fechar Menu